15/04/2009

BLOG QUINTA EMENDA CENSURADO!

O Blog Quinta Emenda foi censurado pelos familiares de um deputado estadual que recentemente renunciou e que responde a processo. Imagina se isso vira moda! Agora eu como cidadão não posso tornar pública minha opinião por que a lei não me favorece. Não posso discutir assuntos de pertinencia atual. Tenho que fazer de conta que nada acontece aqui em Belém por que vivemos numa cidade onde ainda se pergunta "De que família você é?"
Nossa cidade, em vez de progredir e evoluir está se transformando em uma ameba de grife. Dá uma olhadinha no trecho desse pagode (antigamente se chamavam de pagode coisas engraçadas ou de natureza inacreditável):

Processo de número 2009.1.041904-0 AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE NAO FAZER C/C INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS, movido na 3ª Vara Cível da Capital. Despacho de 08 de abril de 2009:
ANTE O EXPOSTO, defere-se a liminar requerida, para determinar que o requerido retire imediatamente e, ainda, se abstenha de veicular em seu blog ou em qualquer outro meio de informação de sua autoria expressões ofensivas como: seferização, seferice, seferizada e Sefer Sport Clube ou qualquer outra expressão similar, e, ainda, de utilizar expressões injuriosas como: canalhices, safadezas, corrupção, truculência, preversões sexuais e outras congêneres, fixando-se multa diária de R$1.000,00 (um mil reais) em caso de descumprimento da ordem. Expeça-se mandado de intimação para o cumprimento desta decisão, e, após, cite-se o requerido, para que apresente contestação, no prazo legal, com as advertências dos arts. 285 e 319 do Código de Processo Civil. Defere-se o plantão para o cumprimento do mandado. Intime-se. Cumpra-se.


É nessas horas que eu, cansado, me pergunto: Falta muito papai Smurf?

5 comentários:

exoticlic.com disse...

é o fim da liberdade de expressão

Deus disse...

Uma bela fanfarra. Então, comunidade livre paraense, não há nada que possa ser feito?!

Gabriela Angeli disse...

Que ridículo! A ideia de você impedir que uma pessoa exponha sua opinião, oralmente ou de forma escrita, é incabível em qualquer tipo de sociedade. Sem palavras!

Beijos, Gabi.

M Gordo disse...

Belém e o Pará ainda são provincianos.
A mídia paga por isso e tudo continua na mesmo a muito tempo.
Quando vai parar isso??
tem gente que grita e critica, mas, quando é parado numa blitz vem com a famosa frase: " Sou filho do ....." ou "Conheço o coronel ...." e o pior,
"Tem uma cervejinha aqui pra vocês".
Enquanto sobreviver o espírito provinciano, teremos que conviver com esses fatos, e quem tem coragem de falar, é calado.
Uma pena! Uma grande pena!

Anônimo disse...

Isso tudo é fruto de uma cultura bestial pela qual pode-se até ingressar em metrado de universidade pública apenas por ser da curiola do reitor, pois as provas são secretas.