30/12/2008

FELIZ ANO NOVO

Acabou o ano pessoal. A votação da Enquete mais importante da história da Publicidade também acabou. Uau, foram mais de 40 votos em mais de 100 dias de votação. Se isso é ser popular o que será o ostracismo? Hehehehe.
Então, é isso. Tudo de bom e até a volta. Tô indo conhecer o inferno que é Salinas na virada, mas daqui a pouquinho já voltei. Tudo de bom pessoal. Pra vocês uma musiquinha muito da pesada pra curtir na virada da trilha sonora de Carros da Pixar, Life is a Highway dos Rascal Flatts.
Beijo pras meninas, abraço na rapaziada e
até daqui a pouquinho em 2009.

video

29/12/2008

NATAL EM JORNAL.

Mais uma vez venho dar a cara a tapa aqui postando uma peça minha para as brilhantes mentes anônimas criticarem a la Leão Lobo. É a única peça que fizemos para o Grupo Reicon e foi seguida de camisa e Banner de cinco por três metros. Não é um marco na propaganda paraense e nem pretendeu ser. Foi inscrita no CCSP e talvez seja aprovada (um talvez bem forte). A peça é um quarto de jornal e veiculou nos dois maiores jornais do Estado. Se mais alguém tiver sua peça querendo ser divulgada, por favor, pode mandar que eu faço questão de postá-la. Esse Blog é a imagem da democracia. Aqui não babamos no saco e nem seguramos o de ninguém. Aqui a publicidade é a lei. Tenso né?

Direção de Criação: Patrícia Cardoso

Criação: João Paulo Guimarães

Atendimento: Tainah Fagundes

Mídia: Larissa Rabelo

Aprovação: Roza Rebello.

28/12/2008

FESTA DE BLOGUEIRO.


Dia 30 de dezembro (terça-feira), no Amazon Beer na Estação às 19:30, todo mundo que tem um blog ou acessa um blog pode participar da 1ª edição do Papachiblog, o encontro dos blogueiros paraenses. Quem está orgnizando é a Karla. Vai rolar um amigo visível. Cada blogueiro deve levar um presentinho que represente seu blog e que será sorteado. A Lorena do OB vai levar adivinha o quê? Bom pras mulheres. Passa lá e participa. Recado para os anônimos. Não levem armas, apenas identificação.

23/12/2008

Thunder, Thunder, Thunder Thundercats! HOOO...O Filme?

A gente chama isso de Fã Trailer. O cara pegou cenas dos filmes Tróia, Pequenos Espiões, O Senhor dos Anéis, X-Men 2, Mad Max 3, Garfield, Planeta dos Macacos e A Batalha de Riddick para montar um trailer falso de Thundercats que ficou muito bom pra ser bem sincero.
Dá pra se ter uma idéia de como seria o filme live-action dos felinos meta-humanos. Infelizmente isso não vai acontecer. O que vamos ter lá pra 2011 é uma história gravada no etilo Bewoulf. Blerkt. Atenção pra musiquinha no final.

video

22/12/2008

MÔNICA PARA MENORES.


Tem coisas que não se pode mexer. Cultura é uma dessas coisas. A Turma da Mônica tem um peso cultural que é inquestionável. Fazer o que estão fazendo com o universo é complicado. Como Publicitário e fã do Maurício eu fico dividido. Dá uma sacada na capa da SAX. O apelo dos seios, da saia puxadinha e do tornozelo. Se colocasse no lugar do A de SAX o E dava na mesma.

ANO NOVO MAIS LOST DO QUE NUNCA.

Eu tenho um medo desesperador de Lost acabar como Arquivo-X. Em Janeiro começa tudo de novo. Os torrents mais baixados, as visualizações de vídeos no Youtube, os virais secretos e os jogos online. Tudo volta com força total. Eu sempre falei que o bacana de ganhar um presente não é o presente e sim a sensação de não saber o que é o presente. Bom, este presente esta sendo aberto aos poucos e a sensação que antes era de novidade está se transformando em ansiedade. Este vídeo é pra lhe deixar em pânico.

video

CLIENTE INTERNO É O ANTI-MARKETING.

Há um tempinho atrás fui ao Belém Shopping comer alguma coisa e caí na Bob's. Pura preguiça de procurar coisa melhor (até por que é o shopping). Pedi um sanduíche qualquer. Sentei em uma das mesas próximas da Bob's e comecei a comer. Acabou o molho, um especial, e resolvi pedir mais um sachê. O funcionário me olhou meio sem saber o que dizer, pediu licença, virou para uma funcionária mais graduada, (nesse momento eu faço aspas com os dedos no ar e repito a parte da história "mais gra-du-a-da"), e perguntou: "Eu posso dar mais um pra ele?" .Eu toquei no braço dele, ele me olhou novamente e eu disse que não queria mais e fui embora sem terminar o lanche.
Na hora, quando acontece uma coisa dessas você pode até culpar o funcionário, mas esquece que ele passou por um treinamento multi-nacional. Ele foi programado para aquela função de confeccionar bandejas e distribuir sachês de forma econômica. No dia de treinamento ele sofreu lavagem sobre como ignorar de forma fria as necessidades do cliente que sempre quer mais quando sente que pode conseguir mais. Somos clientes e funcionamos assim. Não importa quanto dinheiro ganhamos e quanto possuímos. Gastar menos é como comer. A gente não vive sem isso.
O funcionário que me atendeu tinha medo nos olhos. Ele repensou na hora a atitude de me dar mais molho temendo não ter (e não tinha mesmo) capacidade e competência de decidir. Foi um tiro no pé. O casal do meu lado desistiu de comer lá também. O rapaz acompanhado indignado, até mais que eu, resmungou pra mim: "Pô, ele não quis te dar um sachê de molho?" Eu fui embora indignado também repensando a possibilidade de um dia voltar à Bob's. Não por que a lanchonete é ruim ou por quer o funcionário é despreparado. Mas por que a empresa, por uma deficiência na sua comunicação e por que colocou um gerente que não tem preparo real para lidar com o público simplesmente optaram por não exceder as necessidades do consumidor. O cliente interno não comprou a idéia da Bob's. O conceito.
Se ele não comprou, como vai vender isso para o público externo? Isso me faz questionar a disparidade do atendimento da Bob's com a lanchonete Habib's. O público do Habib's não é o público da Bob's. Porém os funcionários são mais preparados, mais simpáticos, conseguem ser emotivos e receptivos sem exageros, criam um vínculo do cliente com a empresa em minutos fazendo com que a gente queira voltar. Eles compraram a idéia e o conceito da casa, portanto podem vendê-la conscientemente ao cliente em geral. O Habib's é melhor que o Bob's ? Não sei. Não acho que seja. Eu só sei que lá eles me dão molho extra.

19/12/2008

EM 2009 EU QUERO OUTRO 2008.

Pessoal. Em 2009 eu desejo a vocês o meu 2008. Um ano lindo, de grandes mudanças, cheio de pessoas inteligentes e verdadeiras. Um 2009 com o emprego dos sonhos que nem o meu, um ano cheio de momentos bacanas com a família, os amigos, a namorada, o cachorro, o frentista, o porteiro, o cara que detesta você, enfim. Um novo ano cheio de experiências, sejam elas ruins ou boas até por que não existe experiência ruim ou boa. Existem experiências e todas são enriquecedoras. Que em 2009 meu 2008 venha com mais força superando a força de 2007.

Que esses anos que ainda vêm comecem todos em 2009 fazendo a gente lembrar como foi gostoso conhecer cada pessoa que somou e que vai fazer a gente ser a pessoa correta, ética e legal em que ainda vai se transformar. Aos seguidores do Blog aí do lado. Todos mesmo, pessoal de São Paulo, de Olinda, de Palmas, enfim. A todos vocês que vêm aqui me visitar, até aos anônimos que não gostam de mim (com motivo ou sem motivo) fica meu agradecimento e meus votos de melhores dias e anos que ainda virão.Que meu 2008 ecoe para o seu 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014...
Fica aqui meu abraço. O vídeo é antigo, porém é perfeito.

video

17/12/2008

MARLEY E A GENTE.

Se tem uma coisa que Deus acertou em criar foi o cachorro. O bichinho é o unico ser na Terra que vai te amar de graça. Acabei de ganhar um Labrador igualzinho o Marley. Pra quem não conhece Marley, o filme baseado no livro de John Grogan estrelado por Jennifer Aniston e Owen Wilson sobre a vida do casal que adota um Labrador estréia nesse Natal. O Trailer é de matar. Você confere logo abaixo e fica também com o link pra baixar o livro em PDF.





video


ANIMAÇÃO SEBASTIAN'S VOODOO

Linda animação de um boneco voodoo que faz tudo que pode pra ajudar os amigos. É uma animação tensa com um desfecho dramático. Porém, a mensagem que os autores passam no final lembra as lições de moral que a Pixar sempre quer passar em seus longas. Mais uma vez. Linda animação que venceu o concurso Aniboom . Quando eu crescer quero ser o Boneco Sebastian.


video


15/12/2008

CLIENTE E AGÊNCIA INTELIGENTES.

Quando a agência é criativa e ousada sempre saem trabalhos maravilhosos. Quando o cliente é corajoso e acredita na agência que escolheu para representá-lo no mercado a coisa fica muito melhor. A MP agência da Hortifruti, empresa de legumes, frutas e verduras, criou essa campanha, parodiando filmes famosos, que veículou no início do ano e ganhou o Brasil pela criatividade descontraída. Lembra que eu falei sobre não se levar a sério? Pois é. Dá certo. Eu fico doido quando eu vejo um trabalho desses de pesquisa, de boa redação, de planejamento criativo e de tão bom gosto. O cliente leva no final todo o mérito e com merecimento. Clientes, Sigam o exemplo. Fique com o link da agência: http://www.mppublicidade.com.br/site/?target=blog





THATS MY BUSH

Final de ano chegando e nenhum grande evento. A Globo lançando essas campanhas de gente retardada. Ivete Sangalo como garota propaganda de 50% das propagandas na televisão e Luciano Huck com os outros 50%. Nada de novo. Nada. Eis que de repente surge um Arauto enviado pelos Deuses e produz com duas simples sapatadas a imagem mais engraçada do ano. DO ANO. Cara, muito engraçado HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA. Presta atenção na cara dele quando o primeiro sapato vem chegando. Muntadar al-Zaidi é o nome do nosso herói que atirou os dois sapatos em direcção a George W. Bush no último Domingo. Até chorei de rir.

video

12/12/2008

ROCKN ROLLA


Guy Ritchie não é o que chamamos de gênio do cinema. Seus melhores filmes são Snatch e Jogos trapaças e dois canos fumegantes. Agora justiça seja feita. O cara sabe fazer filme sobre gangsters ingleses e russos com sotaques dos mais variados e piadas infâmes. Rockn Rolla é Fod...um filme porrada com os sotaques e os personagens marcantes que estamos acostumados a gostar em filmes de Guy (marido da madona) Ritchie. A trilha é mais porrada ainda. Fique com o link da trilha e o trailer do filme.

http://www.adrive.com/public/711f979ab2ee045f6f731172a1cefdedf0a7596c8f2a79d180ea94b2ebab3307.html

video

HULK ESMAGA EM DOSE DUPLA

Eu amo a MARVEL desde meus sei la quantos aninhos de idade (já falei que sou NERD assumido). Enquanto as pessoas liam quadrinhos da Disney eu lia Vingadores, enquanto meus primos colecionavam a Turma da Mônica, que eu também adorava, eu colecionava A Teia do Aranha. Acredito muito que isso fez de mim uma pessoa melhor. Sério mesmo.

Eu fico muito feliz quando a Marvel entra de cabeça em um projeto desses como o novo desenho do Homem-Aranha. Já bastou a triste experiência que a editora teve produzindo Os Supremos baseado no universo Ultimate que eles criaram pra apresentar sua Mitologia à nova geração. A DC COMICS podia aprender um pouquinho com a editora que tem em sua manga os melhores super- heróis do Globo. Confere o trailer da animação Hulk versus Woverine e Hulk versus Thor que está chegando. O lançamento em DVD e Blu-ray nos EUA acontece em 27 de janeiro.

video


08/12/2008

CASAS BAHIA. DEDICAÇÃO TOTAL?

Aconteceu em São Paulo. Um cara com a namorada foram a uma loja das Casas Bahia. Ela foi olhar os produtos e pagar umas contas. O segurança desconfiou dele sentado, foi lá discutir. Claro que Alberto Milfont Júnior ficou chateado e discutiu também. O segurança deu um tiro no rosto dele. Pronto. Morreu.
Aconteceu no Rio de Janeiro. A Casas Bahia publica um encarte, feito pela Y&R, ofertando uma TVs LCD de 26'' por apenas R$ 119,00. O resultado foi muito cliente em delegacia e muita abertura de processos. As Casas Bahia, através de uma advogada, Priscilla Martins Cardoso, que atende a empresa através do escritório Biazzo Simons disse que "O consumidor é muito PROTEGIDO e acaba se beneficiando de algumas coisas que não deveria". (Declaração feita diretamente do planeta Marte.) Quando eu estava postando as duas notícias, me avisaram que era notícia velha. Normalmente eu tenho resposta pra essas coisas, porém dessa vez eu fiquei sem saber o que falar. Curiosamente a pessoa é advogado(a).
O Slogan antigo das Casas Bahia, "Quer pagar quanto?", já havia dado problemas de uma ação de um cliente movida contra a empresa. O cliente alegava querer poder pagar quanto quisesse pelos produtos e pagou. Perda de causa pela empresa.
O novo Slogan é "Dedicação total a você". O problema das Casas Bahia está, na minha opinião profissional, na redação. Eu conceituaria o cliente com: "Casas Bahia. Nunca se sabe" ou "Diferente em tudo" ou "Você é diferente".

video

02/12/2008

A CAMPANHA.

O Brieffing chegou com pouco mais de uma página. Nem formatos tinha. Só a demanda rotineira de todo ano. Círio. Nem precisava descrever a festa. Talvez alguma coisa, informação do cliente, mas só. Brieffing de mentira.
Círio é foda. Todo ano tem. E é sempre a mesma coisa. Fotos dramáticas, textos dramáticos, poesias mal escritas. Círio é tudo igual. Já ía escrevendo as palavras que não ia nem pensar em usar. Fé, gente, mar, rio, corda, suor, lágrimas, et. Palavra pra cacete.
Tinha de pensar em um conceito que matasse a pau. Banco de imagens pra fervilhar as idéias. Muitas imagens. Vêr-o-Peso, rio, ribeirinhos, a Santa, pés sujos em preto e branco, em sépia. De tudo que era jeito. Crianças, criança é um saco. Círio é muito bom pra criar. Quanto mais tempo passa mais fica difícil e o desafio melhora. Círio é maravilhoso.
O atendimento passa meio-dia na mesa e avisa que chegou um CD com um banco de imagens do cliente. Só fotos porrada. Alta-resolução. Preguiça bateu. Meio-dia e me chega um CD.
Liguei pro restaurante vagabundo de bairro onde o prato "executivo" custa seis reais. Vou comer mal e morrer de sono. Mas o Círio não espera. Não posso adiar a festa pra Dezembro. Tem que sair uma campanha. Uma campanha maravilhosa. Porrada como eu sempre digo. Porrada.
O outro atendimento chegou da rua com um painel de fachada pra outro cliente. Outra demanda. Tenho que me desligar. Parar o cérebro. Esquecer o Círio e me dedicar pela metade ao outro pedido. Salta um painel no capricho aí pro cliente que não vai fazer campanha pro Círio. Assim não dá. Mas não posso fazer nada. trabalho é trabalho.
A idéia do painel não vem. Levanto e vou até a copa tomar um café. A chícara eu mesmo trouxe de casa. Presente de duas amigas. O café está frio. Tenho que fazer mais. De repente vem a idéia fazendo outra coisa né? Vou fazer o café. São duas e meia da tarde e eu esqueci de almoçar de novo. Parar de fumar essa semana não está me fazendo bem. Almoço na sala de reuniões. Sozinho. Apenas eu e o Office-Boy na agência. Almoço, lavo os pratos e volto aos partos. Ao parto. Sento a minha mesa e um email diz que preciso fechar dois anúncios para os dois jornais. Dois anúncios de meia página em dois formatos diferentes. Fecho os dois anúncios. A mídia a essa hora já chegou. Me mandou os formatos novos do primeiro jornal. Tenho que fechar de novo. Penso no banco de imagens do cliente do Círio. Lá on CD vai estar minha idéia. Já sei como vai ser a campanha. Euforía. Preciso me desfazer de todas as demandas. O Círio vai ser porrada.
Mando os dois anúncio para a Mídia que já encaminha. Círio agora.
Porra nenhuma. Tenho que voltar pro painel. Painel de fachada ninguém merece. Sou um Deus da Propaganda. Devia estar terminando o Círio.
Já são oito da noite. Acabou o dia. E agora? Vou pra casa? Ligo pra namorada ou fico e continuo matando o painél? Vou matar esse painél em meia hora. São onze da noite e finalmente eu termino o painél. Mandei pro Diretor de Criação. Círio agora só amanhã. Mas o CD com as imagens vão na mochila comigo pra casa. Lá eu acho a imagem que eu quero. Antes da meia-noite já devo ter as imagens pra campanha. Três fotos que eu tenho na cabeça. A campanha dos deuses. Duas e meia da manhã e nada. não achei as fotos. Tenho que dormir. Não posso me atrasar no dia seguinte. Mentira. Eu posso sim. O problema é que eu não quero me atrasar.
Dia seguinte chego na agência com todo o pique pra achar as fotos na marra mesmo em algum banco de imagens. Impossível. Volto pro CD. Chamo o atendimento no msn e no skipe. Ela vem ao auxílio. O Atendimento é muito bom. Bom mesmo. Caso raro.
Ela me avisa que além desse CD ainda há mais dois ou três CDs de banco de imagens do cliente. Vou atrás e acho mais três. De cara encontro uma foto feita pra ocasião. Não que ela tenha sido feita pra campanha. Nenhuma delas foi feita para o Círio. Mas quando coloco os olhos me deixo enfeitiçar pela beleza da foto. Eu vejo tudo muito claro. O conceito vai ficar maravilhoso. Perfeito. Mas não me deixo enganar. Vou atrás de mais. Quero mais. Acho mais cinco fotos de acabar com o coração de qualquer publicitário. O Círio nunca viu uma campanha dessas. Vou ser lembrado. O Círio está nascendo. Nunca teve igual.
O Diretor de Criação chegou e confirmou o que eu já sabia. A campanha matou a pau. Vai ser sucesso. Todos na agência amaram. Mídia, Produção, Atendimentos e financeiro. Unanimidade.
Agora as alterações. Bobagem. Coisa pouca. Daqui a dois dias vamos apresentar pro cliente. Não tem erro. Campanha na rua.
Dois dias depois chega uma alteração pra fazer. A redação não agradou na primeira apresentação. Tem que adicionar a palavra Fé. Quem diria. Eu tentando fugir desses clichês e o cliente no caminho oposto ao meu. Cliente é cliente. Todo mundo é publicitário. Menos eu.
Alteração feita. Encaminhada a campanha para a martelada final o atendimento entra na sala de cabeça baixa avisando que estamos participando de uma espécie de licitação onde uma outra agência apresentou uma campanha de Círio também. Não me preocupo. Acredito muito na nossa campanha mesmo não sabendo do conceito criado pela outra agência. Não tem como ter a estrutura emocional do nosso conceito. O painel voltou. O Diretor de Criação pediu algumas alterações, mas elogiou a peça. Ficou show de bola como ele mesmo diz.
Dois dias a mais e as notícias não são boas. O cliente vem pessoalmente à agência pra dizer se ganhamos a "licitação" ou não. Capuccino pronto. Doces e bolo. Cliente atrasado chega quase na hora do almoço. Não come nada que foi comprado. Entram na sala de reunião o Diretor de Criação e o sócio juntamente com o atendimento e o cliente.
Meia hora de reunião e saem todos sorrindo da sala. Comentários sobre a campanha ser muito boa. Muito boa mesmo. Parabéns ao Diretor de Criação e ao outro sócio. Todos se despedem na porta e eu espero ancioso pra saber o que eu já sei de forma oficial. O Diretor de Criação e o outro sócio me olham rindo. Ficou pro ano que vem.
Sento amarelo na minha mesa e abro um email novo. Painél aprovado.

01/12/2008

JOÃO LIVI. DIRETOR DE CRIAÇÃO DA TALENT.

O Diretor de Criação da Talent, João Livi falou uma coisa em uma entrevista no RECLAME que eu nunca paro de repetir. Brinque. Não se leve a sério. Deixe que as pessoas levem você a sério. Esse é o motor da Propaganda. Brincar. Foi brincando que no primeiro teste para o VT do Banco Real ele gravou o Off da campanha lá na TALENT mesmo e os diretores do Banco pediram pra ele manter o VT com sua voz.

Coincidentemente ele é o responsável pela polêmica campanha dos Blogs para o Estadão. Acontece né Livi. O cara é bom pra caramba. Você fica aí com o VT do Banco Real.


video