24/04/2009

ENTRE LENÇOIS. (e entre péssima direção, atuação, trilha sonora...)


Pela benção de nosso senhor Jesus Cristo. Que porra de filme é esse? Falando sério bicho! Até agora não entendi bem qual era mesmo a proposta disso! Quer dizer...O lance era colocar o Gianecchini e a Paola Oliveira, duas pessoas bonitas pra cacete, num quarto de motel nus por quase o filme todo e ganhar uma graninha? Faz um ensaio sensual então.
O filme é ruim! A trilha sonora (tocada em um teclado da Gradiente eu acho) é muito ruim! A fotografia do filme é triste. E as atuações...meu senhor...foram muito ruins. Eu fico pensando se o editor e o diretor não vêem uma tragédia dessas se aproximando. O mais engraçado é que tem cenas que você cai na gargalhada com eles tentando passsar uma seriedade na atuação, aí vem o tecladinho com a trilha tentando dar mais emoção e nada. Você acha que eu sou preconceituoso com o cinema brasileiro? Meu amigo, eu me comovo mais assistindo malhação.
Eu amo o cinema brasileiro. Mas cinema de verdade rapá. Sabe aquela frase que você fala com a voz bem fina e com a mão no rosto que é assim: "Num credito que isso tá contecendo comigo cara!". Foi assim que eu me senti. Entra no site e escuta só a letra da música tema dessa aberração http://www.entrelencois.com.br/. Cara, esse filme é muito ruim, ruim, ruim, ruim...!

7 comentários:

Luís Azevedo disse...

vô dá uma conferida!!!

Priscila Monique disse...

Depois dessa nao vou nem ver! ahauahahuaa

mas ja que vc falou que o Reynaldo fica nu no motel... quem sabe né? aauajuahauahuahua
=X


saudades!

Anônimo disse...

hahaha eu tava com a dri quando ela comprou esse filme.

juli

Marcela disse...

.

Rapaz, eu fui ver aquele tal de presságio, gostei não ...
Aí saí distraidamente pra o cinema com meu sobrinho, vimos montanha enfeitiçada e pasme, achei bem mais legal.
Quero ver divã, não sei o que andam falando, mas esse daí que tu falou, quero ver não! kkkkkkkk

Bjooooooo

.

Ricardo Oliveira. disse...

Discordo veementemente do sua opinião meu amigo. Curti a história e acredito que muita gente também, talvez por em algum momento ter se identificado com alguma situação.
Acredito que esse filme deve ter tido o menor orçamento do cinema brasileiro, propositalmente talvez.
O filme conta a história de duas pessoas completamente desconhecidas que se encontram pela primeira vez em uma festa e vão direto para um motel, passando a viver um relacionamento baseado em mentiras, ciúme e remorsos. O roteirista Renê Belmonte (o mesmo de Sexo, amor e traição e Se eu fosse você), foi muito feliz em seu trabalho, mais uma vez. Conseguiu, muito bem passar a ideia central que era falar de duas pessoas em um momento de transição, vivendo situações muito parecidas, ao mesmo tempo totalmente opostas, como um casamento e uma separação.

Abraços.
Ricardo Oliveira.

Malu disse...

Pensei que fosse bom =P
Mas filme nacional bacana mesmo é "Saneamento Básico".

"Estômago" também é muito, muito bom.

Lílian Barros disse...

Olha joãozitthu,sinto muito mas eu concordo com o Ricardo,eu achei esse filme muito bom!Foge completamente do que a gente já tá acostumado,daquelas historinhas de amor que acabam com o final feliz,os atores foram impecáveis na atuação,conseguiram passar exatamente o que a história pedia.E digo mais,me remeteu aos excelentes filmes francês de orçamento baixo,que ganham festivais!
Estou de saco cheio dessas grandes produções,onde se gasta um fortuna, em que o ator passa a maior parte do filme contracenando com uma cachorra(mas "I am Legend" até que foi bom),mas enfim...tudo depende da maneira com que você observa,e interpreta as emoções.
*e meninas,não podem deixar passar a bundinha do Giane!
**ah,e a Paola pode ser lindíssima,mas a bundinha dela é caídaaa!rsrsrs