30/06/2009

COISAS QUE ME DÃO MEDO EM BELÉM.

Não me sinto seguro na minha cidade. Tenho medo da guarda-municipal, da polícia militar, dos jornais, da saúde, dos políticos, de anônimos, da CtBel, dos quinchos, de gente que se apresenta pelo sobrenome, enfim...tenho medo de ir na esquina a pé.

Hoje eu saio de casa e rezo pra chegar no trabalho, que graças a Deus é perto, e quando saio do trabalho rezo pra voltar sem ser abordado por dez equilibristas no farol. Tenho medo de precisar da imprensa daqui por que eu sei que todas as histórias são deturpadas, cortadas e tem seus detalhes omitidos. As eleições vêm aí e a gente já começou a ser estuprado pelos políticos falando de direitos iguais e da importância do povo. Tô com medo até de escrever no blog sobre isso.

Estava vendo no Jornal que a vigilância sanitária recolheu 10 máquinas de açaí da cidade. Pra fazer esse recolhimento tinham mais de oito policiais armados de metralhadoras automáticas de uso do exército. Isso tudo pra lidar com a população. Gente que trabalha em casa. No Guamá a guarda-municipal agrediu um rapaz que entrou em pânico quando viu a mãe desmaiar e por isso invadiu o PSM. Os jornais daqui não deram a informação dessa forma pro rapaz ficar como sendo o agressor. O sobrinho do Prefeito foi preso dirigindo bêbado no dia em que fazia 1 ano da Lei seca. A Governadora estava esse final de semana assistindo o Arraial do Pavulagem. Cara...quero me mudar daqui.

O Estado e o Municipio estão numa campanha de acuar, denegrir a integridade e ceifar qualquer tipo de liberdade que o cidadão tenha. Estacionar, procurar a saúde pública, recorrer à polícia, exigir segurança. Tudo isso vai desaparecer daqui a cinco anos e o contribuinte vai virar refém. Se Deus quiser eu guardo um dinheiro e me mudo pra um lugar mais seguro. Algo como a Caxemira ou Serra Leoa.

2 comentários:

disse...

Tenho que concordar que o destino da nossa cidade é o fundo do poço!!!

=/

Dri Viaro disse...

Oi,passei pra conhecer seu blog, e desejar bom fds
bjs

aguardo sua visita :)